Winckelmann, a bela alegoria e a superação do 'paragone' entre as artes

Claudia Valladão de Mattos

Resumo


O texto faz uma análise do conceito de Alegoria em Winckelmann. Procuramos mostrar como o autor faz um uso muito particular do termo, adotando-o principalmente em suas análises de pintura. O conceito de Alegoria em pintura parece ter favorecido, aos olhos de Winckelmann, tanto a realização da ut picura poesis, quanto a adoção das esculturas clássicas como modelo para a pintura, mas ao mesmo tempo esta opção implicou em uma rejeição do modelo narrativo privilegiado pela tradição clássica do século XVII, em favor de um modelo semelhante ao adotado por grandes artistas da tradição barroca do período.


Palavras-chave


Winckelmann, alegoria, paragone.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 


e-ISSN 2446-6905 | DOI: 10.12957/matraga


Matraga é uma publicação do Programa de Pós-Graduação em Letras da UERJ:

Logomarca UERJ  Logomarca Instituto de Letras  Logomarca Pós-graduação

 


Indexado em:


Licença Creative Commons
A Matraga utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.