GRAMÁTICA(S), ENSINO DE PORTUGUÊS E “ADEQUAÇÃO LINGUÍSTICA”

Maria Eugênia Lammoglia Duarte, Carolina Ribeiro Serra

Resumo


Neste artigo discutimos conceitos de gramática, numa tentativa de mostrar que há apenas dois significados e que eles não se encontram em distribuição complementar, como costumam sugerir algumas publicações destinadas ao ensino do português. A partir de um deles, o de gramática como conhecimento que todo falante tem de sua língua, voltamos nossa atenção ao que se tem referido como adequação linguística, mostrando o equívoco que subjaz a este conceito e que conduz à oposição formalidade/informalidade. Como veremos, tal oposição corresponde, na verdade, a regras próprias da gramática brasileira, em face da lusitana, e só os indivíduos mais escolarizados e com maior contato com a escrita podem transitar com maior ou menor facilidade de uma gramática para outra. Nossa discussão sobre “adequação de linguagem” e “mudança de gramática” necessariamente irá passar pela codificação das normas que guiam nossa gramática tradicional, em grande parte inspiradas no modelo europeu, e pelas consequências que tal gesto provocou, aumentando a natural distância entre gramática da fala e gramática da escrita entre nós. Uma breve análise de letras de raps e funks portugueses e brasileiros, um gênero musical muito popular, mostrará o que é de fato “informalidade” e o que é “gramática”. Concluímos este artigo com uma reflexão sobre a importância de ensinar a “gramática da escrita” a partir de descrições da escrita contemporânea, sem ignorar que este é um grande passo para o aluno e que ele deve ter consciência disso. Propostas recentes de “intervenção pedagógica” no sentido de ensinar novas regras que não fazem parte do desempenho do aluno parecem justas e necessárias, mas é importante valorizar a gramática do aluno a fim de não aprofundar o preconceito linguístico.


Palavras-chave


Conceitos de gramática; estilo e gramática; adequação linguística; fala e escrita.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 


ISSN 1809-3507 | DOI: 10.12957/matraga


Palimpsesto é uma publicação do Programa de Pós-Graduação em Letras da UERJ:

UERJ >> Instituto de Letras >> Programa de Pós-graduação em Letras

 


Indexado nas seguintes bases:

 

Periodicos CAPES Latindex Find in a library with WorldCat MLA Livre DRJI MIAR BASE Logo University of Texas Libraries   UCLA Library University of Wisconsin - Madison Libraries EZB Google Acadêmico DOAJ Journal Tocs DOAJ


Licença Creative Commons

A Matraga utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.