Olhando as pornochanchadas: modos de visibilidade e percepção em A Dama do Lotação e As Cangaceiras Eróticas

Guilherme Fumeo Almeida, Cristiane Freitas Gutfreind

Resumo


Este texto se configura enquanto um ensaio sobre a análise das dinâmicas do olhar nas pornochanchadas através da problematização das noções de visibilidade e percepção. O primeiro momento, dividido em duas partes, liga as dinâmicas de visibilidade, com base nas discussões propostas por Didi-Huberman (1998) e Xavier (2003), às problemáticas de erotismo, nojo e individualidade propostas por A Dama do Lotação (Neville d´Almeida, 1978), enquanto o segundo faz a ponte entre os modos de percepção, distração e atenção, a partir dos estudos de Merleau-Ponty (1984) e Crary (2013), e as especificidades de As Cangaceiras Eróticas (Roberto Mauro, 1974) enquanto pornochanchada que privilegia uma determinada abordagem do humor e do erotismo.


Palavras-chave


pornochanchadas; olhar; erotismo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/logos.2019.40856

Indexada em:Latindex . Sumarios.org . Univerciência. Doaj
Rua São Francisco Xavier, 524 -10 º Andar - Sala 10129 Bloco F - Maracanã - Rio de Janeiro - RJ
cep: 20550-013 - e-mail: logos@uerj.br