Orgias midiáticas e morte ao vivo: O evento-catástrofe no inconsciente visual coletivo

Bertrand Vidal

Resumo


Este artigo propõe-se a explorar a tectônica das imagens de desastres e o imaginário social das catástrofes e, em particular, nossa relação medialógica com esse tipo de acontecimento. Hoje, em uma sociedade onde a presença e a proliferação das imagens no mundo da vida cotidiana são aspectos característicos do ambiente social contemporâneo, nossa relação com o catastrófico parece se cristalizar em torno de uma contradição: atração/repulsão pelas imagens de desastre.

Palavras-chave


catástrofe; NTIC; imagem

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/logos.2016.23514

Indexada em:Latindex . Sumarios.org . Univerciência. Doaj
Rua São Francisco Xavier, 524 -10 º Andar - Sala 10129 Bloco F - Maracanã - Rio de Janeiro - RJ
cep: 20550-013 - e-mail: logos@uerj.br