Ainda somos o país do futebol? Uma análise discursiva do The New York Times na cobertura da Copa do Mundo da FIFA 2014

Gabriel de Lima Alves Cortez, José Carlos Marques

Resumo


Este artigo abordará as relações entre o esporte, a comunicação e a cultura por ocasião da Copa do Mundo da FIFA 2014, realizada no Brasil entre junho e julho daquele ano. Analisaremos o discurso do jornal norte-americano The New York Times, a fim de identificar a maneira com que o periódico retratou esse evento em suas páginas. Nossa abordagem procurará verificar se um dos mais prestigiados jornais estrangeiros reproduz determinadas formas recorrentes de construção da identidade brasileira, as quais apontariam para um “estilo brasileiro de jogar futebol” (conceito fundado por Gilberto Freyre) ou para a ideia de que o Brasil seria “o” “País do futebol”, lugares-comuns que vêm sendo estabelecidos por uma perspectiva de brasilidade essencialista e homogeneizadora.

Palavras-chave


Copa do Mundo FIFA 2014; Identidade brasileira; Jornalismo norte-americano

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/logos.2016.21836

Indexada em:Latindex . Sumarios.org . Univerciência. Doaj
Rua São Francisco Xavier, 524 -10 º Andar - Sala 10129 Bloco F - Maracanã - Rio de Janeiro - RJ
cep: 20550-013 - e-mail: logos@uerj.br