A crise do pensamento: o sujeito na modernidade

Maria Nelida Sampaio Ferraz

Resumo


Este trabalho aborda o nascimento do sujeito e as transformações por que passou na Era Moderna. Sem a pretensão de esgotar tema tão vasto, privilegiou-se a leitura de Deleuze, que vê no sujeito a correlata e necessária descoberta do Outro. Buscou-se focalizar o sujeito a partir da crise, mais ou menos recente, do cogito, compreendendo-o, a partir daí, como produção de subjetividade, onde se atualizam as forças da diferença e da História.

Palavras-chave


Sujeito; Alteridade; Identidade.

Texto completo:

PDF


Indexada em:Latindex . Sumarios.org . Univerciência. Doaj
Rua São Francisco Xavier, 524 -10 º Andar - Sala 10129 Bloco F - Maracanã - Rio de Janeiro - RJ
cep: 20550-013 - e-mail: logos@uerj.br