“Não terá sido Vieira, o dos sermões famosos, a seu modo um ensaísta?”

Luiz Felipe Baêta Neves

Resumo


O artigo mostra como Gilberto Freyre é um permanente (re)leitor de seus próprios textos; como os transforma e, mesmo, os contradiz. Não há, pois, nenhuma “única definição correta” na obra de Freyre. O ensaísmo, característico de sua obra, foi duramente atacado, em certo período, e teve que ser defendido, também pelo uso da retórica, pelo autor.

Palavras-chave


Antropologia; Ensaio; Retóricas.

Texto completo:

PDF


Indexada em:Latindex . Sumarios.org . Univerciência. Doaj
Rua São Francisco Xavier, 524 -10 º Andar - Sala 10129 Bloco F - Maracanã - Rio de Janeiro - RJ
cep: 20550-013 - e-mail: logos@uerj.br