Das representações da infância, no imaginário social, à criação de uma linguagem mítica

Elza Dias Pacheco

Resumo


O presente trabalho pretender falar sobre as representações da infância que, povoando o imaginário social ,se estendem ao longo da hitória, originando uma linguagem mítica expressa na literatura,nos textos didáticos, na mídia e no cotidiano, através de personagens simbólicas estereotipadas como: o pequeno anjo,o bom diabinho, a criança frágil, a criança perversa,a criança passiva e imatura.

Texto completo:

PDF


Indexada em:Latindex . Sumarios.org . Univerciência. Doaj
Rua São Francisco Xavier, 524 -10 º Andar - Sala 10129 Bloco F - Maracanã - Rio de Janeiro - RJ
cep: 20550-013 - e-mail: logos@uerj.br