AS ESTRATÉGIAS DA MEMÓRIA E A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE

Maria Teresa Toríbio B. Lemos

Resumo


Desde as primeiras décadas do século XX, com a obra de Maurice Halbwachssobre os Quadros Sociais da Memória, historiadores e cientistas sociais, além dospsicólogos, reconheceram a importância de se aprofundar os estudos da memóriacoletiva para maior entendimento dos processos identitários dos grupos sociais. Anecessidade de se conhecer a formação e a transmissão da memória coletivadominou os autores da memória. Assim , os estudos de Pierre Nora sobre osLugares da Memória , como noção abstrata e puramente simbólica, destinada adesentranhar a dimensão rememoradora dos objetos materiais e sobretudoimateriais que permeiam os grupos sociais, alertaram os historiadores para opoder da memória coletiva.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.