O filho, o pesquisador e o filho pesquisador: análise de uma trajetória individual

Wagner Guilherme Alves da Silva

Resumo


O presente artigo tem por finalidade identificar as imbricações entre a produção de uma identidade familiar e a construção de uma identidade de pesquisador, partindo da hipótese de que o projeto individual do pesquisador, proveniente das camadas populares, tornou-se possível por meio de uma série de negociações, passando algumas pela negociação da demanda familiar e da produção científica, tendo, para isso, como ponto de partida o exercício da reflexividade. Para tanto, proponho a análise de minha própria trajetória, a fim de verificar os modos pelos quais foi possível meu ingresso na Universidade, em um curso desconhecido por meus pais e prosseguisse na trajetória acadêmica em uma pós-graduação em Antropologia Social, de total desconhecimento de meus pares familiares.


Palavras-chave


Construção diferencial da pessoa; Reflexividade, Identidade, Projeto familiar, Individuação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/intratextos.2017.29773

E-mail para contato com os editores: revista.intratextos@gmail.com

PPCIS/UERJ: Rua São Francisco Xavier, 524 - 9º andar - Sala 9037 - Bloco F

CEP: 20550-900 - Maracanã - Rio de Janeiro

Telefone: (21) 2334-0678 / Ramal 27


ISSN 2176-6789

 

Indexações

Revistas Online – UERJ; Revistas brasileiras – SEER; Latindex; Sumários de Revistas Brasileiras; Journals4Free e Periódicos Capes