A difusão de políticas sociais como estratégia de inserção internacional: Brasil e Venezuela comparados

Carlos Aurélio Pimenta de Faria

Resumo


O trabalho analisa, comparativamente, a maneira como o Brasil de Lula (2003-2010) e a Venezuela de Chávez (1999-2013) procuraram instrumentalizar os processos de difusão internacional de políticas sociais nos quais estiveram envolvidos em benefício de suas estratégias de inserção internacional, levando em consideração que ambos os países pretenderam, no período em questão, exercer liderança no contexto regional. São privilegiadas as variáveis: O que se transfere? Quem transfere? Quais os propósitos da transferência e como tais motivações se vinculam às estratégias internacionais dos dois países?
Palavras-chave: Difusão de políticas públicas. Política externa. Brasil. Venezuela. América Latina.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais