Tradição, herança e reprodução familiar: o capital econômico e as redes de parentesco na construção de um político jovem

Pedro Jorge Chaves Mourão, Jesus Marmanillo Pereira

Resumo


Sob o viés da antropologia política, buscou-se analisar o processo que fornece base para campanha do ex-deputado estadual do Ceará Tomás Antônio de Albuquerque Paula Pessoa Filho, conhecido também como Tomás Filho Figueiredo. Produzimos assim uma etnografia centrada nos aspectos vinculados à aquisição de um conjunto de capitais (sociais, econômicos e políticos) herdados e ampliação das bases políticas em função das estruturas de mediação, de redes de parentesco e relações interpessoais que auxiliaram no deslocamento da ação política do parlamentar, do interior do estado para a cidade de Fortaleza. Nesse viés, valendo-se das contribuições de autores como Landé(1977), Wolf(2003), Barreira(2006), Grill(2008), Reis(2015) foi considerado um conjunto de fontes compostos por declarações, diálogos, observação direta e pesquisa documental vinculado ao estudo da trajetória política do parlamentar.
Palavras-chave: Parentesco. Mediação. Empreendimento político.


Palavras-chave


Ciências Sociais. Interdisciplinar. Sociologia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/irei.2018.39045