Juventude e religião, sinais do tempo experimentado

Regina Novaes

Resumo


Em um momento histórico em que a incerteza atravessa a condição juvenil e no qual as novas tecnologias de informação e comunicação modificam relações no interior do campo religioso, este artigo - inspirado em Mannhein - se propõe a refletir sobre “o tempo religioso experimentado” por jovens de hoje. A partir de pesquisa realizada em sites, blogs e canais do youtube, são analisadas situações, sentimentos e motivações de jovens que falam publicamente sobre sua fé. O objetivo é apreender elementos significativos das “eras subjetivas” que distinguem adultos e jovens ampliando possibilidades de escolhas religiosas.
Palavras-chave:  Gerações. Subjetividades. Escolhas religiosas.


Palavras-chave


Periódico. Ciências Sociais. Intersdiciplinaridade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/irei.2018.39020