As Emoções Diárias: ensaio sobre a etnopsicologia do jornalismo

Geraldo Garcez Condé

Resumo


Este ensaio reúne considerações sobre a etnopsicologia do jornalismo – entendida como aconcepção de emocionalidade dominante nessa atividade – a partir de três perspectivas. Aprimeira é a dos estudos do jornalismo, com foco sobre o lugar que reservam às emoções como objeto de atenção analítica. As investigações que problematizam as emoções no jornalismoa partir do discurso dos jornalistas fornecem uma segunda perspectiva. A terceira é a que procura considerar as emoções no jornalismo no âmbito das demandas de uma sensibilidade particularmente moderna. Argumenta-se, nesse sentido, que o exame da concepção de emocionalidade no jornalismo precisaria ater-se às conexões entre as práticas, os discursos sobre elas e os contextos em que são acionados.

Palavras-chave: Emoções. Jornalismo. Etnopsicologia do jornalismo.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/irei.2017.30405

Direitos autorais