Uso de Fitoterápicos em Medicina Popular

Benilson Beloti Barreto, Felipe Villela Gomes, Milena Romeu Gonçalves, Francisco Lopes Pereira, João Batista Picinini Teixeira

Resumo


A utilização de plantas medicinais é umadas mais antigas formas de tratamentodas enfermidades humanas. Com osavanços científicos, essa prática milenarcedeu espaço aos medicamentos sintéticos.Entretanto, o alto custo e efeitoscolaterais desses fármacos contribuírampara o ressurgimento da fitoterapia. Éimportante que se concilie o saber popularcom o conhecimento científico, para quese tenha uma prática do uso de fitoterápicoscom qualidade, eficácia e segurança.Este projeto de extensão conta com aparticipação de acadêmicos da área desaúde, que desenvolvem diversas atividadesrelacionadas à fitoterapia em entidadesfilantrópicas e associações comunitárias,tendo como principais objetivos: orientara comunidade quanto ao uso racional deplantas medicinais; promover atividadespráticas como o plantio de mudas; instalarhortos de plantas medicinais e farmáciasvivas nas entidades; cultivar espécies deplantas que servirão à manipulação e fornecimentode medicamentos fitoterápicose difundir o conhecimento acerca dos benefíciostrazidos pelas plantas. Verificou-seuma maior integração da população localcom a UFJF, estreitando a relação entreUniversidade e Sociedade, principalmentepor esta propiciar atividades que buscampromover a inclusão social dessa populaçãoe melhorar a sua qualidade de vida levandoum pouco mais de cidadania àqueles comquem trabalha.

Texto completo:

PDF


ISSN: 1519-8847 | E-ISSN: 2236-4447
Depext-SR3/UERJ