Sistematização de experiência em educação sanitária no reassentamento urbano Porto Novo

Márcia Monks Jantzen, Marilise Oliveira Mesquita, Graziella Chaves Trevilato, Luiza de Holleben Saraiva, Michelle da Silva Schons, Michelle Petersen

Resumo


DOI: 10.12957/interag.2016.15900

O presente trabalho documenta as experiências vividas por uma equipe composta por um grupo interdisciplinar de docentes e discentes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), entre os anos de 2011 e 2013, em um reassentamento urbano. Os objetivos da presente ação de extensão foram: proporcionar aos alunos um crescimento acadêmico, sensível as demandas locais; divulgar conhecimentos sobre formas de prevenção de DTAs e outras zoonoses; elaborar um material educativo de acordo com as necessidades desta comunidade. Foi realizado um inquérito domiciliar, onde os moradores foram questionados sobre os hábitos de aquisição, manipulação e armazenamento de alimentos, e foram dadas orientações sobre as doenças transmitidas pelos alimentos (DTAs). Ao mesmo tempo, buscou-se promover a saúde através da difusão de novos conhecimentos relativos à aquisição, à higiene e ao preparo dos alimentos. Os dados foram submetidos a uma análise descritiva. Durante todo o período da ação de extensão, o contato dos alunos dos diferentes cursos da área da saúde foi significativo, e houve a divulgação do médico veterinário como participante do controle sanitário na área de alimentos e a importância do consumo de alimentos inspecionados para a saúde da comunidade. Os resultados foram utilizados como base teórica para a elaboração de material educativo e informativo, atendendo às necessidades locais.


Palavras-chave


reassentamento urbano; doenças transmitidas por alimentos; sistematização de experiências.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/interag.2016.15900

ISSN: 1519-8847 | E-ISSN: 2236-4447
Depext-SR3/UERJ