Políticas Editoriais

Foco e Escopo

Os ambientes tropicais possuem as maiores biodiversidades de todo o planeta e sobre este espaço, diferentes culturas e modos de vida se estabeleceram, gerando uma rica e diversa combinação do Homem ao Ambiente. Nestas regiões tropicais, baías e estuários merecem destaque pois em função de uma abundância de recursos naturais, as populações historicamente ocuparam estes espaços e também, produziram e produzem impactos que são percebidos nos dias atuais. Entender esta complexa relação entre o Homem e o Ambiente é um esforço interdisciplinar e transdisciplinar.

Homem e Ambiente cada vez mais são indissociáveis. Isto ficou evidenciado em 2015, quando países membros da Organização das Nações Unidas estabeleceram os 17 Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável (ODS). Neles, encontramos metas comuns para acabar com a pobreza, promover a prosperidade e o bem-estar para todos, proteger o meio ambiente e enfrentar as mudanças climáticas.

Assim, a Revista do Homem e do Ambiente de Baías Tropicais tem como escopo geral a divulgação de trabalhos desenvolvidos neste tipo particular de região, distribuídas ao redor do globo, em países que muitas vezes compartilham abundância de recursos naturais, mas que também compartilham graves problemas sócio-ambientais: Poluição, Pobreza, Destruição de Habitats e perda de Biodiversidade, Saúde Pública dentre outros, são problemas constantes e que devem ser olhados de forma integrada.

Isto se dará pela publicação de resultados de investigações em áreas ligadas ao escopo da revista, incluindo Botânica, Ecologia, Zoologia, Genética, Oceanografia, Geografia, Geologia, Arqueologia, Sociologia, História, Educação e Educação Ambiental, Meio Ambiente, Gestão Ambiental em temas correlatos e transversais.

 

Política de Submissão:

Todo o processo de submissão e avaliação dos manuscitos enviados à revista é feita de forma eletrônica, por meio do Servidor de Revistas Eletrônicas da EdUERJ.

Journal of the Human and Environment of Tropical Bays publicará manuscritos nos seguintes formatos:

 

  • Artigos de Pesquisa

Os artigos de pesquisa deverão obedecer ao seguinte formato:

Título: Fornecer um título conciso e de até duas linhas, que identifique a questão temática abordada pelo artigo

Autores: Nome de todos os autores por extenso

Filiação/ endereço institucional/ endereço eletrônico do autor de correspondência

Resumo: um resumo de até 2000 caracteres, incluindo espaços, deverá ser fornecido. O resumo deverá trazer em seu corpo uma breve apresentação do tema abordado, uma síntese da metodologia e dos principais resultados e conclusões obtidos. Não deve ser incluída referências bibliográficas no resumo.

 

Palavras chaves: Deverão ser fornecidas de 3 a 6 palavras chaves que não estejam no título do trabalho.

Abstract: Resumo em inglês, limitado à 2000 caracteres, incluindo espaços

Keywords: 3 a 6 Palavras-chave em inglês

Introdução: Deve abordar brevemente e direcionadamente, o histórico da questão que está sendo objeto de estudo, incluindo seus objetivos e hipóteses, se houver.

Materiais e Métodos: Deverão ser descritos os materiais e os métodos empregados na execução do trabalho, de forma que sejam plenamente replicáveis ou que possam ser conferidos. Tabelas, planilhas, questionários e similares utilizados para obtenção de informações deverão ser apresentadas sob a forma de anexos, em material suplementar.

Resultados: os resultados devem se ater à apresentação, sob a forma de tabelas e/ou gráficos, mapas, figuras, descrições e outros, as informações obtidas com a realização do estudo, incluindo testes estatísticos e/ ou análises matemáticas ou quaisquer outras informações que caracterizem-se como resultado. Estes não devem ser discutidos nesta seção.

Discussão: A discussão deve se ater aos resultados obtidos e à literatura sobre o tema, evitando-se a citação indireta de trabalhos (apud), trabalhos não publicados como de finalização de curso, dissertações e teses em como resumos de eventos, exceto os que possuírem ISSN ou ISBN.

OBSERVAÇÃO:

Em situações onde a separação entre os tópicos de Resultados e Discussão forem melhor explorados quando apresentados conjuntamente, este formato poderá ser aceito desde que jsutificados no momento da submissão do manuscrito pelos autores.

 

  • Revisão de Literatura

Os artigos de Revisão de Literatura deverão obedecer ao seguinte formato:

Título: Fornecer um título conciso e de até duas linhas, que identifique a questão temática abordada pelo artigo

Autores: Nome de todos os autores por extenso

Filiação/ endereço institucional/ endereço eletrônico do autor de correspondência

Resumo: um resumo de até 2000 caracteres, incluindo espaços, deverá ser fornecido. O resumo deverá trazer em seu corpo uma breve apresentação do tema abordado, uma síntese da metodologia e dos principais resultados e conclusões obtidos. Não deve ser incluída referências bibliográficas no resumo.

Palavras chaves: Deverão ser fornecidas de 3 a 6 palavras chaves que não estejam no título do trabalho.

Abstract: Resumo em inglês

Keywords: Palavras-chave em inglês

 

Formas de busca e filtros utilizados na busca bibliográfica: Os trabalhos de Revisão de Literatura deverão obrigatoriamente indicar como foi realizada a busca bibliográfica, quais bases de dados foram consultadas e quais os fundamentos que orientaram esta busca, incluindo o acesso à obras raras ou cuja edição encontra-se esgotada. Estas informações poderão ser apresentadas também, detalhadamente, como anexos em material suplementar.

Revisão e Análise conceitual: Análise e interpretação da literatura utilizada, com a discussão e atualização conceitual aos dias atuais. Uma revisão de literatura não deve se restringir a apenas listar e citar trabalhos já publicados anteriormente, mas contribuir significativamente para a compreensão da evolução do conceito, metodologia, abordagem ou problemática atual.

 

  • Ensaios e Notas Técnicas

Os Ensaios têm por objetivo expor brevemente ideias, críticas, reflexões éticas e filosóficas, apresentar informações singulares que estimulem novos estudos ou que reflitam descobertas que necessitem de rápida divulgação. Os temas dos Ensaios e Notas Técnicas deverão relacionar-se aos temas sob o escopo da Revista, podendo ser apresentadas voluntariamente ou sob convite dos Editores. Podem ser baseados em fotos ou outros materiais que deem suporte à informação que se deseja apresentar e divulgar. Os ensaios deverão caber em até 5 (cinco) páginas e obedecer ao seguinte formato:

Título: Fornecer um título conciso e de até duas linhas, que identifique a questão temática abordada pelo artigo

Autores: Nome de todos os autores por extenso

Filiação/ endereço institucional/ endereço eletrônico do autor de correspondência

Resumo: um resumo de até 500 caracteres, incluindo espaços, deverá ser fornecido. O resumo deverá trazer em seu corpo uma breve apresentação do tema abordado. Não deve ser incluída referências bibliográficas no resumo.

Palavras chaves: Deverão ser fornecidas de 3 a 6 palavras chaves que não estejam no título do trabalho.

Abstract: Resumo em inglês

Keywords: Palavras-chave em inglês

Corpo de Texto: Logo após o abstract, separado por uma linha. Esta seção não terá um título.

 

Políticas de Seção

Artigos

Política padrão de seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

A revisão por pares é considerada como o mecanismo mais efetivo e eficaz para garantir a qualidade, confiabilidade, integridade e consistência da literatura acadêmica.

Ainda que sujeita à muitas críticas, este modelo busca, a partir do conhecimento dos especialistas convidados (pareceristas ou revisores) avaliar a importância e a adequação da informação Científica que está sendo veiculada, conferindo desta forma, confiabilidade à informação. Muito mais do que um simples processo de avaliação e de atribuição de um "selo" de qualidade aos manuscritos submetidos, o processo de avaliação visa também, o aperfeiçoamento do texto e sua adequação às diretrizes dos periódicos.

Como acreditamos que o processo deve ser o mais impessoal possível, adotamos o modelo inicial de "duplo-cego", com identidades de autores e revisores omitida. Porém, encorajamos que estes divulguem suas identidades, a qualquer momento do processo, como uma demonstração de compromisso com a ética e o respeito profissional, exatamente o que preconizamos com a impessoabilidade.

O processo de avaliação incia-se com a recepção do manuscrito pelo Editor Geral e a indicação de um Editor de Área que procederá a primeira análise quanto: a) A pertinencia do texto ao escopo e objetivos da revista; b) A adequação à formatação exigida para cada tipo de manuscrito submetido, segundo as regras da revista; c) a correção linguística; d) A relevância e Importância Científica; d) O respeito aos procedimentos éticos e as devidas autorizações legais à realização dos estudos e veiculação dos resultados.

 

Periodicidade

Periodicidade: FLUXO CONTÍNUO

A Journal of Human and Environment of Tropical Bays, acompanha a tendência mundial de fluxo contínuo para recepção e publicação dos artigos aceitos, tão logo esta etapa seja concluída. Isto significa que não há a necessidade de aguardar a formação de um volume ou número específico. Tão logo o artigo aceito tenha sua editoração concluída, ele é imediatamente publicado, na ordem sequencial do ano.

 

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.