PRODUÇÃO DE CONHECIMENTO GEOGRÁFICO VIRTUAL: ABORDAGENS SOBRE TEMPO/ESPAÇO

Antônia Márcia Duarte Queiroz, Rosselvelt José Santos

Resumo


DOI: 10.12957/geouerj.2015.6826

 

A intenção desse texto é expor algumas discussões sobre a produção de conhecimento virtual que vem se desenvolvendo por meio da Educação a Distancia- EaD. Para esse fim analisa-se as categorias geográficas tempo/espaço na perspectiva do materialismo-histórico. O objetivo principal é contribuir na elaboração de conceitos, compreensão e busca de caminhos que possam trazer a prática da ciência à luz dos acontecimentos geográficos sob a perspectiva tecnológica e, das novas construções epistemológicas a partir da prática de ensino geográfico on-line. Nesse sentido, reflete-se sobre as Tecnologias de Informação- TICs, com vistas à elaboração de argumentos que fundamentem o tema da pesquisa de doutorado, Abordagens epistemológicas sobre a Geografia virtual no norte de Minas Gerais, que está sendo desenvolvida na Universidade Federal de Uberlândia-MG. Sem esgotar o assunto, para essa abordagem utiliza-se de análises de tempo/espaço desenvolvidas em algumas obras de Milton Santos e, da obra condição pós-moderna de David Harvey. Por meio dessa análise foi possível refletir sobre novas percepções de tempo/espaço que se apresentam instantaneamente nas redes virtuais oriundas das transformações atuais da sociedade.

Palavras-chave


Epistemologia. TIC. Ensino. Geografia. Virtual

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/geouerj.2015.6826



Direitos autorais



ISSN: 1415-7543 | E-ISSN: 1981-9021 | JournalDOI: https://doi.org/10.12957/geouerj

Licença Creative Commons