ÍNDICE INTEGRAL DE CONECTIVIDADE APLICADO NA SELEÇÃO DE ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTES PRIORITÁRIAS À RECOMPOSIÇÃO NO MUNICÍPIO DE NOVA MARILÂNDIA, MATO GROSSO – BRASIL

Alexander Webber Perlandim Ramos, Edinéia Aparecida dos Santos Galvanin, Sandra Mara Alves da Silva Neves, Rivanildo Dallacort

Resumo


O objetivo deste trabalho é investigar as Áreas de Preservação Permanentes degradadas para identificação dos fragmentos prioritários à recomposição no município de Nova Marilândia-Mato Grosso, visando que os dados e informações gerados contribuam na proposição de ações voltadas à restauração da funcionalidade da paisagem. Para a definição das categorias de prioridade de restauração foi aplicado nas Áreas de Preservação Permanente Degradadas o Índice Integral de Conectividade, com suas frações IICflux (mensurador de possibilidade de fluxo gênico/ambiental) e IICconnector (mensurador de importância de nó como única conexão entre outros fragmentos), derivado da Teoria de Grafos. Na municipalidade a classe mais expressiva é a Pastagem (744,22 km²), superando as áreas de Vegetação Natural Florestal (687,23 km²), Formação Savânica (311,46 km²), Agricultura (157,68 km²) e Usos Antrópicos (4,21 km²). Esse cenário refletiu nas Áreas de Preservação Permanente, sendo identificados 1706 fragmentos a serem restaurados, destes 1594 com baixo nível de prioridade, 102 com médio e 10 com alto. Os fragmentos das Áreas de Preservação Permanente de alto nível de prioridade são estratégicos na restauração da funcionalidade da paisagem municipal, sendo a atividade pecuária o principal agente que tem influenciado desfavoravelmente a conservação da vegetação.

Palavras-chave


Geotecnologias; Paisagem; Funcionalidade; Teoria de Grafos; Planejamento Ambiental

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/geouerj.2022.51546



Direitos autorais 2022 Alexander Webber Perlandim Ramos, Edinéia Aparecida dos Santos Galvanin, Sandra Mara Alves da Silva Neves, Rivanildo Dallacort

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ISSN: 1415-7543 | E-ISSN: 1981-9021 | JournalDOI: https://doi.org/10.12957/geouerj

Licença Creative Commons