Considerações sobre a Comercialização Agrícola no Estado do Rio de Janeiro a partir da CEAsA-RJ

Rogério dos Santos Seabra

Resumo


O sistema CEASA-RJ foi criado na década de 70 com o intuito de atuar no mercado, na  rodução, no atacado e no varejo de gêneros agrícolas. A unidade CEASA-RJ concentrava grande parte da produção rural do estado para posteriormente distribuí-la para os diversos varejistas (feirantes, supermercados, "sacolóes'). A atual configuração do espaço fluminense, na vertente da comercialização, está se reestruturando a partir da redução do papel central do sistema CEASA-RJ, uma vez que sua participação na distribuição para os varejistas tem  iminuído devido ao crescimento das grandes redes de supermercado, que detêm seus próprios sistemas de compra, armazenagem e distribuição de produtos rurais.


Palavras-chave


Comercialização agrícola; abastecimento; CEASA-RJ.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/geouerj.2003.49231



Direitos autorais 2020 Rogério dos Santos Seabra

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ISSN: 1415-7543 | E-ISSN: 1981-9021 | JournalDOI: https://doi.org/10.12957/geouerj

Licença Creative Commons