Notícias Bibliográficas sobre o Urbanismo Colonial Português dos Séculos XV a XVII (primeira parte: a década de 1980 e inéditos de Orlando Ribeiro)

Francisco Roque de Oliveira

Resumo


Herdeira de uma importante tradição de pesquisa cimentada durante as décadas de cinquenta e sessenta por investigadores brasileiros e portugueses, a matéria do urbanismo colonial português é redescoberta na actualidade por uma prática multidisciplinar pujante. Visitando as edições lusas dos últimos vinte anos que se preocuparam com as realidades urbanas dos séculos XV a XVII, tentamos aqui o respectivo "estado da questão". Nesta que é a primeira de duas partes, incidimos sobre três pontos: (I) a forma como as novas linhas de inquérito têm conservado um diálogo crítico constante com as pesquisas fundadoras; (2) cinco textos de tom "clássico" da figura maior do geógrafo português Orlando Ribeiro (1911-1997) redigidos entre meados da década de sessenta e finais da década de setenta, quatro dos quais inéditos e publicados apenas em 1994; (3) e a retrospectiva dos títulos que se destacaram nos anos de 1980, com lugar para alguns exemplos ulteriores.


Palavras-chave


Cidades Coloniais Portuguesas; Urbanismo Colonial; Crescimento Orgânico; Urbanismo Regulado; Séculos XV-XVII

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/geouerj.2001.49123



Direitos autorais 2020 Francisco Roque de Oliveira

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ISSN: 1415-7543 | E-ISSN: 1981-9021 | JournalDOI: https://doi.org/10.12957/geouerj

Licença Creative Commons