HIERÓPOLIS: O SAGRADO E O URBANO

Miguel Ângelo Ribeiro

Resumo


EM SEU MAIS RECENTE LIVRO, ZENY ROSENDAHL EXPLORA A MANIFESTAÇÃO DO SAGRADOSOB A ÓTICA GEOGRÁFICA, OU SEJA, NO ÂMBITO DA PREOCUPAÇÃO DOS  GEÓGRAFOS DA RELIGIÃO PELO ESTUDO DO ESPAÇO ATRAVÉS DA ANÁLISE DO SAGRADO. EM SUAS PALAVRAS AFIRMA "DESVENDAR A LIGAÇÃO DO SAGRADO NA PAISAGEM E RECONHECER A EXISTÊNCIA DE UM SISTEMA DE RELAÇÕES ENTRE O HOMEM E A DIVINDADE" (P. 7). ESTA TEMÁTICA VEM SENDO OBJETO DE DISCUSSÃO DESDE O INICIO DA DÉCADA DE 90 QUANDO DA ELABORAÇÃO DE SUA TESE DE DOUTORAMENTO SOBRE O SAGRADO EM PORTO DAS CAIXAS, NA BAIXADA FLUMINENSE.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/geouerj.1999.49076



Direitos autorais 2020 Miguel Ângelo Ribeiro

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ISSN: 1415-7543 | E-ISSN: 1981-9021 | JournalDOI: https://doi.org/10.12957/geouerj

Licença Creative Commons