PETRÓLEO E EMPREGO: UMA ANÁLISE EM MUNICÍPIOS SELECIONADOS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Rosélia Piquet, Marlúcia Junger Lumbreras, Richard de Castro

Resumo


A descoberta e exploração de petróleo nos reservatórios na camada do pré-sal ocasionou o deslocamento de investimentos da Bacia de Campos para a Bacia de Santos, e, consequentemente, provocou alterações no mercado de trabalho das regiões produtoras. Deste modo, o objetivo do presente texto é analisar o impacto do setor de petróleo no mercado de trabalho nos locais em que são desenvolvidas as atividades de Exploração e Produção (E&P), por meio da análise de um número equivalente de municípios confrontantes a ambas as bacias, durante o período compreendido entre os anos de 2000 até o presente. Foram consideradas informações referentes à população residente, aos postos de trabalho e ao nível educacional. O estudo indica que os municípios que abrigam equipamentos da indústria propriamente dita são os que apresentam os melhores indicadores quanto ao emprego e ao nível educacional. O estudo é concluído ressaltando que as transformações estruturais da geopolítica do petróleo tornam os prognósticos sobre a evolução do setor um terreno altamente movediço, embora sejam necessárias análises sobre cenários futuros.

Palavras-chave


Petróleo. Bacia de Campos. Bacia de Santos. Pré-sal. Emprego

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/geouerj.2020.48417



Direitos autorais 2020 Rosélia Piquet, Marlúcia Junger Lumbreras, Richard de Castro

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ISSN: 1415-7543 | E-ISSN: 1981-9021 | JournalDOI: https://doi.org/10.12957/geouerj

Licença Creative Commons