A HOSPITALIDADE NO (ECO)TURISMO DA ENSEADA DE ABRAÃO - ILHA GRANDE (RJ): REFLEXOS SOBRE O MEIO AMBIENTE LOCAL

Nadja Maria Castilho Costa, Luiz Renato dos Santos Alves

Resumo


doi: 10.12957/geouerj.2012.4754

 

RESUMO

Nos últimos quinze anos, tem-se observado na Ilha Grande, litoral sul do Estadodo Rio de Janeiro, um intenso processo de turistificação, estimulado pelo seuexuberante e diversificado quadro natural. Este fenômeno despertou inúmeraspreocupações devido: a fragilidade dos ecossistemas locais, a especulação imobiliária, ocrescimento demográfico e a criação de uma infraestrutura turística sem planejamento.O objetivo do presente trabalho é avaliar como a rede hoteleira da Enseada de Abraão,local de maior concentração de equipamentos e infraestrutura turística, vem atuando eos reflexos ambientais (positivos e/ou negativos) decorrentes da atividade, visandocontribuir ao desenvolvimento sustentável do ecoturismo. Metodologicamente, asanálises foram realizadas sob a ótica quantitativa e qualitativa através da aplicação dequestionários aos proprietários/gerentes dos hotéis e análises de campo. Como resultadoprincipal foi observado que a rede hoteleira não vem contribuindo ao desenvolvimentosustentável da atividade ecoturística, se constituindo em agentes catalisadores deimpactos ambientais. Mais de 70% dos estabelecimentos não oferecem qualquer tipo deatividade de valorização ambiental e cultural, bem como, há a ausência de condiçõesadequadas de infraestrutura sanitária (deposição de efluentes e resíduos sólidos nadrenagem que chega às praias). Mais de 50% dos empregados e pouco mais de 75% dosprodutos consumidos pelos turistas através da rede hoteleira, não são locais.

Palavras-Chave: ecoturismo, rede hoteleira, território, impacto ambiental e IlhaGrande.

ABSTRACT

Ilha Grande, an isle located in south coast of Rio de Janeiro State, sufferedintensification of tourism process stimulated by its exuberant and diverse naturalpicture. This phenomenon developed several worries due to: the fragility of localecosystems, ground and property speculation, demographic growth and generation ofnon planned tourism infrastructure. The objective of the present work is the evaluationof hotel network in Abraão Bay, where one find the most concentration of tourisminfrastructure and equipment, and the environmental reflex (positive and/or negative)due to such activities, in order to contribute to a sustainable ecotourism development.The methodological analysis where done under the quantitative and qualitative opticsthrough the questionnaires application for hotel managers and field analysis. As a mainresult it was observed that hotel network has not contributed to sustainable developmentof tourism activity but otherwise as environmental impacts catalytic agent. More than70% of the enterprises does not offer any type of activity to improve environment andcultural value, and shows complete inadequate sanitary infrastructure conditions (likeoverthrow of effluents and solid residues in drainage that reaches the beach). More than50% of the employees and exceeding 75% of products consumed by the tourists in suchhotel network are not composed by locals.

Key-words: ecotourism, hotel network, territory, environmental impact, Ilha Grande.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/geouerj.2012.4754



Direitos autorais



ISSN: 1415-7543 | E-ISSN: 1981-9021 | JournalDOI: https://doi.org/10.12957/geouerj

Licença Creative Commons