PRODUÇÃO E (RE)ORGANIZAÇÃO DO ESPAÇO NA FESTA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO, RECIFE – PE / PRODUCTION AND (RE)ORGANIZATION OF THE SPACE AT NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO FESTIVAL, RECIFE – PE

Ana Caroline Oliveira Pedroso, Wedmo Teixeira Rosa

Resumo


O principal objetivo deste trabalho é analisar a dimensão espacial do sagrado no contexto da cidade do Recife – PE, durante a Festa de Nossa Senhora Conceição, além de compreender o papel que essa festa religiosa exerce sobre a produção e (re)organização do espaço no Morro da Conceição a partir da relação sagrado/profano. É importante salientar que as festas religiosas são manifestações culturais que têm valor significativo para alguns grupos sociais e imprime, ainda, ao local onde elas ocorrem, uma dinâmica diferente dos dias comuns, reconfigurando o espaço a partir do sagrado. Para desenvolvimento desta investigação adotou-se os seguintes procedimentos metodológicos: levantamento bibliográfico; observação in loco; aplicação de formulários de perguntas com devotos e visitantes; e entrevistas semiestruturadas com organizadores da festa e moradores do Morro da Conceição. Posteriormente, buscou-se inter-relacionar os dados e informações coletadas para realização das análises e discussão visando atingir os objetivos propostos. Em meio a dinâmica espacial do sagrado impressa durante a festa, foi possível identificar os espaços sagrados, os espaços profanos direta e indiretamente vinculados ao sagrado e os espaços híbridos, além de compreender alguns significados atribuídos à festa e aos diferentes espaços que fazem parte do roteiro devocional dos participantes desse evento religioso.

Palavras-chave


Espaço Sagrado/Profano; Festas Religiosas; Morro da Conceição; Recife – PE.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/geouerj.2018.32152



Direitos autorais 2018

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ISSN: 1415-7543 | E-ISSN: 1981-9021 | JournalDOI: https://doi.org/10.12957/geouerj

Licença Creative Commons