INDICADORES DE TRANSPORTE E MOBILIDADE URBANA PARA AS CIDADES SAUDÁVEIS – CASO DA ÁREA METROPOLITANA DE LISBOA, PORTUGAL / TRANSPORT AND URBAN MOBILITY INDICATORS FOR HEALTHY CITIES – CASE STUDY OF LISBON METROPOLITAN AREA, PORTUGAL

Ana Louro, Nuno Marques da Costa

Resumo


doi: 10.12957/geouerj.2017.29735

O conceito de Cidade Saudável desenvolvido pela Organização Mundial da Saúde é um conceito holístico que abarca os distintos determinantes da saúde repartidos pelos domínios social, económico e ambiental. Neste sentido, a organização do transporte, que permite o acesso ao emprego, bens e serviços, mas, simultaneamente, polui, consome recursos naturais e é causador de sinistralidade, constitui um elemento de extrema relevância para a concretização dos princípios da cidade saudável. Neste artigo propõe-se a definição de um sistema de indicadores que permita avaliar a contribuição do transporte para a concretização da cidade saudável, recorrendo a dados disponíveis nas fontes do sistema estatístico português. O sistema de indicadores será aplicado à Área Metropolitana de Lisboa (Portugal), sendo as unidades de análise os seus municípios.


Palavras-chave


transporte; mobilidade urbana; cidades saudáveis; indicadores; Área Metropolitana de Lisboa.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/geouerj.2017.29735



Direitos autorais



ISSN: 1415-7543 | E-ISSN: 1981-9021 | JournalDOI: https://doi.org/10.12957/geouerj

Licença Creative Commons