AVALIAÇÃO DO POTENCIAL DE INFILTRAÇÃO RELATIVO DAS BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS DO RIO ANIL E DO RIO GRANDE (MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO) / ASSESSMENT ON INFILTRATION POTENTIAL OF URBAN WATERSHED OF THE ANIL RIVER AND GRANDE RIVER (RIO DE JANEIRO)

Paulo Walter Freire do Nascimento, Regina Paula Benedetto de Carvalho, Vivian Castilho da Costa

Resumo


doi: 10.12957/geouerj.2017.23479

Com a preocupação de aprofundar os estudos sobre as mudanças no comportamento do processo de infiltração de água nas bacias, o presente trabalho propõe desenvolver uma classificação para avaliar, em termos comparativos, as diferenças multitemporais e espaciais do potencial de infiltração das bacias urbanas do rio Anil e rio Grande (município do Rio de Janeiro) em função da variável correspondente ao tipo de uso e cobertura da terra. A metodologia de classificação e análise do potencial de infiltração relativo nas bacias foi desenvolvida a partir de quatro etapas complementares: levantamento de informações bibliográficas e de dados institucionais, agrupamento das classes de uso e cobertura da terra, geoprocessamento e trabalhos de campo. Com os resultados obtidos, foi possível ratificar o que vem ocorrendo nas bacias desde a década de 70, período na qual se intensificou o processo de urbanização na Baixada de Jacarepaguá, que acarretou mudanças no funcionamento hidrológico, em especial do potencial de infiltração das bacias entre 1984 e 2001, a partir, por exemplo, da redução da área com potencial alto em 10,6% na bacia do rio Grande e uma redução de 6,9% na bacia do rio Anil em decorrência, principalmente, do aumento de 4,8% e 6,2% das áreas sem potencial nas bacias, respectivamente.


Palavras-chave


Bacias hidrográficas; geotecnologias, potencial de infiltração relativo; cobertura e uso da terra.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/geouerj.2017.23479



Direitos autorais



ISSN: 1415-7543 | E-ISSN: 1981-9021 | JournalDOI: https://doi.org/10.12957/geouerj

Licença Creative Commons