PRIMEIRA APROXIMAÇÃO DA GEOGRAFIA INSTITUCIONAL BRASILEIRA COM A GEOGRAFIA NORTE-AMERICANA: UMA ANÁLISE A PARTIR DA OBRA DE JORGE ZARUR

Autores

  • Mônica Sampaio Machado Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)
  • Marcela Bonelli Zarur Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

DOI:

https://doi.org/10.12957/geouerj.2015.19676

Palavras-chave:

Geografia Brasileira, pan-americanismo, geógrafos brasileiros, IBGE, Jorge Zarur.

Resumo

Doi: 10.12957/geouerj.2015.19676

 

Este trabalho discute a aproximação da Geografia produzida nos Estados Unidos com a Geografia feita no Brasil, nas décadas de 1940 e 1950. O geógrafo Jorge Zarur é aqui trazido como um importante personagem dessa aproximação. Um panorama da política externa brasileira, naquelas décadas, inicia este artigo. Em seguida serão apresentados o quadro institucional do sistema geográfico oficial brasileiro e seus principais personagens. Por último a vida e a obra de Zarur, assim como seus principais interlocutores, serão explorados. Uma síntese da contribuição do autor à Geografia brasileira será exposta, salientando as características da influência norteamericana recebidas.

Biografia do Autor

Mônica Sampaio Machado, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

Professora UERJ

Marcela Bonelli Zarur, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

Mestranda PPGEO-UERJ,

Downloads

Publicado

2015-12-20

Como Citar

Machado, M. S., & Zarur, M. B. (2015). PRIMEIRA APROXIMAÇÃO DA GEOGRAFIA INSTITUCIONAL BRASILEIRA COM A GEOGRAFIA NORTE-AMERICANA: UMA ANÁLISE A PARTIR DA OBRA DE JORGE ZARUR. Geo UERJ, (27), 323–352. https://doi.org/10.12957/geouerj.2015.19676

Edição

Seção

Artigos