COMPARTIMENTAÇÃO GEOMORFOLÓGICA DA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE (RMR) A PARTIR DA ANÁLISE MORFOESTRUTURAL

Drielly Naamma Fonsêca, Antonio Carlos de Barros Corrêa, Adriana Cassiano da Silva

Resumo


doi: 10.12957/geouerj.2016.18827

O presente artigo propõe uma nova compartimentação geomorfológica para a Região Metropolitana do Recife (RMR), através da correlação dos diferentes litotipos que estão distribuídos sob diversas formas de relevo. Para tal, utilizou-se métodos de análise morfoestrutural baseados na aplicação de índices morfométricos, integrados aos dados litoestruturais, dos fotolineamentos e da configuração da rede de drenagem. A aplicação da abordagem morfoestrutural ao modelado da RMR permitiu a diferenciação dos seguintes compartimentos estruturais e subunidades morfológicas: o Planalto Sedimentar Litorâneo, seccionado em três subunidades, o Piemonte da Borborema Cristalino, seccionado em duas subunidades, o Piemonte da Borborema da Bacia Pernambuco e as Planícies Indiferenciadas.


Palavras-chave


mapeamento geomorfológico; análise morfoestrutural; análise neotectônica; morfometria; Região Metropolitana do Recife.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/geouerj.2016.18827



Direitos autorais



ISSN: 1415-7543 | E-ISSN: 1981-9021 | JournalDOI: https://doi.org/10.12957/geouerj

Licença Creative Commons