ANÁLISE ESPACIAL DAS OBRAS DO PROJETO DE INTEGRAÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO - PISF (EIXO LESTE) NO ESTADO DA PARAÍBA

Francisco Vilar Araújo Segundo Neto, Pedro Costa Guedes Vianna

Resumo


doi: 10.12957/geouerj.2016.14536

 

Este trabalho tem como objetivo realizar uma análise espacial das obras hídricas que são de responsabilidade do Governo Estadual, no Eixo Leste do PISF, no Estado da Paraíba. Foram identificados os traçados das obras, os municípios beneficiados, as vazões potenciais, as estruturas de armazenagem e os volumes disponibilizados para as diversas atividades. Esta análise se deu com apoio dos recursos de Geotecnologias, especificamente dos Sistemas de Informação Geográfica, do Sensoriamento Remoto e com contribuição de campo pelo Sistema de Posicionamento Global por Satélite. Os resultados demonstram que o primeiro projeto apresentado com recursos disponibilizados pelo Governo Federal, prevê, em primeiro plano, a utilização das águas da transposição do São Francisco na região litorânea, através do Canal Acauã-Araçagi (obra secundária do PISF). No entanto, para o Agreste e o Cariri paraibano, regiões entre as de menor índice pluviométrico do Brasil, a única garantia é o abastecimento de algumas cidades por meio de sistemas de adutoras. As diversas versões de projetos e de traçados apresentados pelos diferentes governantes do estado, ao longo de seus mandatos, mostram indefinição em relação ao destino e o uso das águas transpostas. Os diferentes tipos de condutos (canais, túneis, adutoras, etc.), volumes reservados para cada segmento e adaptação dos reservatórios existentes, foram objeto de comparação e exame. A análise espacial realizada demonstra que os interesses da agricultura empresarial e do agronegócio estão sendo priorizadas em relação à carência de água para o abastecimento da população rural, em se tratando, da região com menor índice pluviométrico do Estado.


Palavras-chave


Análise espacial; PISF; Eixo Leste; obras hídricas; rio Paraíba.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/geouerj.2016.14536



Direitos autorais



ISSN: 1415-7543 | E-ISSN: 1981-9021 | JournalDOI: https://doi.org/10.12957/geouerj

Licença Creative Commons