ANÁLISE TEMPORAL DA COBERTURA E USO DA TERRA ATRAVÉS DE OBSERVAÇÕES EM SUPERFÍCIE MODELADA NA APA PETRÓPOLIS, RIO DE JANEIRO

Bruna Santos Miceli, Manoel do Couto Fernandes, Alessa Favero Duque Estrada

Resumo


DOI: 10.12957/geouerj.2015.12411

 

A ação antrópica vem modificando a paisagem e deixando suas marcas sob a forma de diferentes coberturas e usos da terra. O presente trabalho procurou mostrar essa diversidade, tomando como base o estudo da estrutura horizontal da paisagem, apoiado em análises geoecológicas, com suporte em produtos obtidos através de geoprocessamento, como os Modelos Digitais de Elevação (MDEs). O objetivo principal foi realizar uma análise temporal (entre 1994 e 2007) do uso da terra, utilizando-se de observações em superfície planimétrica e modelada. A área de estudo escolhida foi a APA de Petrópolis, RJ, que se trata de uma unidade de conservação de uso sustentável, localizada em relevo acidentado, o que favoreceu a comparação entre as superfícies. Os resultados mostraram que a APA vem apresentando perda de área de floresta com o aumento da intervenção antrópica, e que essas diferenças são mais pronunciadas quando avaliadas em superfície modelada. Na avaliação da taxa de retração florestal nos 13 anos de análise, a diferença entre as observações em superfície modelada e planimétrica chegou a 0,31 km2/ano, caracterizando um incremento significativo no valor de retração quando avaliado em superfície modelada.


Palavras-chave


Cobertura e Uso da terra. Análise espaço temporal. Geoecologia. Modelo digital de elevação. Geoprocessamento.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/geouerj.2015.12411



Direitos autorais



ISSN: 1415-7543 | E-ISSN: 1981-9021 | JournalDOI: https://doi.org/10.12957/geouerj

Licença Creative Commons