REVISITANDO OS CONCEITOS DE CIDADE DIFUSA E ACESSIBILIDADE: relações com a circulação e o aumento da frota de veículos em cidades médias do Estado de São Paulo

Cássio Antunes de Oliveira

Resumo


DOI: http://dx.doi.org/10.12957/geouerj.2014.10602

 

Objetiva-se realizar uma análise teórica do conceito de cidade difusa que apresenta novas formas de urbanização. Concomitante a essa análise se fará também considerações sobre a noção de acessibilidade privilegiando uma de suas dimensões, a circulação. Feitas essas análises teóricas, parte-se para uma breve compreensão do rodoviarismo no Brasil e do papel do automóvel na sociedade brasileira, em razão de ser o principal meio de circulação urbana no país. Por fim será feita uma análise da evolução da frota de veículos e da população de seis cidades médias do Estado de São Paulo, as quais são: Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Bauru, Presidente Prudente, Marília e Araçatuba. Considerando o modo capitalista de produção, portanto, por uma ótica mais econômica, é possível identificar algumas tendências de produção do espaço urbano, além de agravamento dos problemas relacionados ao uso de carros (automóveis) particulares nos deslocamentos nas cidades médias referidas trazendo como exemplo empírico problemas ocorridos na cidade de São José do Rio Preto.


Palavras-chave


Produção do espaço, cidade difusa, acessibilidade, circulação, cidades médias.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/geouerj.2014.10602



Direitos autorais



ISSN: 1415-7543 | E-ISSN: 1981-9021 | JournalDOI: https://doi.org/10.12957/geouerj

Licença Creative Commons