A IMAGINAÇÃO GEOGRÁFICA E AS REPRESENTAÇÕES DOS LUGARES SAGRADOS

Otávio José Lemos Costa

Resumo


NO ÂMBITO DA GEOGRAFIA, É EXPRESSIVA A QUANTIDADE DE ESTUDIOSOS QUE VEM SE DEDICANDO À INVESTIGAÇÃO DA OCORRÊNCIA DE PAISAGENS, LUGARES E TERRITÓRIOS NOS QUAIS O SAGRADO INCITA UMA MANIFESTAÇÃO. AO DISCUTIRMOS O CONCEITO DE IMAGINAÇÃO GEOGRÁFICA, BUSCAMOS AS PROPOSIÇÕES TEÓRICAS QUE ALMEJAM DAR RELEVO À INTERPRETAÇÃO DOS FENÔMENOS SÓCIO-ESPACIAIS QUER ESTEJAM ASSOCIADOS A UMA PERSPECTIVA DA NATUREZA, QUER ESTEJAM ATRELADOS ÀS PRÁTICAS SIMBÓLICAS CUJOS ELEMENTOS DISCURSIVOS INDICAM UM PROCESSO QUE ENVOLVE A PRODUÇÃO DE PAISAGENS CULTURAIS, DE LUGARES OU TERRITÓRIOS E TERRITORIALIDADES SIMBÓLICAS PELAS QUE UMA CONSTRUÇÃO IDENTITÁRIA É SEMPRE PRESENTE. TORNA-SE POSSÍVEL, PORTANTO, E COLOCAMOS AQUI A PROPOSTA PARA ESTE TEXTO, O ENTENDIMENTO DAS REPRESENTAÇÕES DO SAGRADO CONTEXTUALIZANDO NA SEARA DA IMAGINAÇÃO GEOGRÁFICA.

Palavras-chave


IMAGINAÇÃO GEOGRÁFICA. LUGAR. SAGRADO

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Periódico Espaço e Cultura
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco B, sala 4.007, 4° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0343

E-mail: espacoecultura@gmail.com