DINÂMICAS HÍBRIDAS DE DEVOÇÃO EM SANTUÁRIOS-TERREIROS: PARA GEOGRAFAR TURISMO RELIGIOSO

Christian Dennys Monteiro de Oliveira

Resumo


O presente estudo se caracteriza como uma proposta temática de investigação a partir da junção de dois conceitos territoriais – santuário e terreiro – como base de renovação dos modelos de estudo do Turismo Religioso. O texto é desenvolvido como um projeto cujo ponto de partida é a ideia-chave de “hibridismo cultural”, um alicerce às práticas de visitação turístico-religiosas em espaços devocionais, que no estado do Ceará podem, metodologicamente, ser considerados “santuários-terreiros” em perspectiva complexa. Alguns exemplos dessa nova abordagem estão fundamentados na força da ideia de Religiosidade Turística, que amplia dos espaços centrais de visitação para os múltiplos e marginais espaços de ritualização – no indivíduo, na coletividade e nas paisagens de encenação para ambos. Além de rotas e percursos de tradições comunitárias, vivenciadas em regime de peregrinação, encontros cerimoniais e eventos marginais, capazes de substituir o velho catolicismo “popular” por formas tão católicas quanto laicas das viagens de orientação religiosa. Exemplificação para fechar o estudo, será utilizada a letra da canção do compositor Chico César - A Prosa Impúrpura de Caicó (https://www.letras.mus.br/chico-cesar/45189/) - ao retratar os sentimentos híbridos que envolvem um território sagrado e híbrido como o Santuário de Nossa Senhora da Saúde, no município de Tabuleiro do Norte, Estado do Ceará. 


Palavras-chave


Hibridismo; Santuário; Terreiro; Turismo Religioso.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/espacoecultura.2021.60700

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Periódico Espaço e Cultura
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco B, sala 4.007, 4° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0343

E-mail: espacoecultura@gmail.com