SÍTIO VETOR DE FÉ E DE EXPANSÃO URBANA: A IGREJA DE NOSSA SENHORA DA SAÚDE

Jackeline de Macedo

Resumo


A partir da abordagem da Arqueologia Histórica, pretendeu-se identificar os diversos atores (humanos e não-humanos) que se fizeram presentes na tessitura das redes estabelecidas na construção do sítio Igreja Nossa Senhora da Saúde, na cidade do Rio de Janeiro/RJ  bem como, destacar os processos que levaram ao rompimento dos limites do quadrilátero urbano da cidade colonial e a relevância do sítio da Saúde na constituição da paisagem urbana da região.

Palavras-chave


Arqueologia; Cultura material; Expansão urbana; Igreja de Nossa Senhora da Saúde

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/espacoecultura.2017.45372

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Periódico Espaço e Cultura
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco B, sala 4.007, 4° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0343

E-mail: espacoecultura@gmail.com