A GEOGRAFIA DA BIOGRAFIA, A BIOGRAFIA DA GEOGRAFIA: REESCREVENDO O DICIONÁRIO DE BIOGRAFIA NACIONAL

Elizabeth Baigent

Resumo


O Dicionário de Biografia Nacional (1882-1900) é aqui comparado com sua segunda edição, atualmente em preparação na Universidade de Oxford. A edição orginal é uma importante obra acadêmica, mas sua visão sobre a nação britânica parece agora masculina (resultado de sua subordinação sistemática da esfera privada à esfera pública): metropolitana (resultado se suas raízes no establishment literário londrino que viu a Grã Bretanha e seu império pelos olhos de Londres) e fascinada pela celebridade. Os estudiosos que trabalham na segunda edição têm moderado essas tendências para produzir uma história nacional cuja geografia se estende tanto da esfera privada quanto à pública, tanto da periferia quanto à metrópole, e cujos pontos de vista são os do subalterno, bem como os da celebridade.  A história da geografia como contada na primeira edição, embora focalizada no masculino, no metropolitano e no célebre, é um contraste útil com as visões "internalistas" da história dos sujeitos. Sua história na nova edição será mais completa, mais variada e 'confusa', mas continuará a ser um acessível olhar de fora da disciplina.


Palavras-chave


Geografia; Biografia; Dicionário



DOI: https://doi.org/10.12957/espacoecultura.2015.29078

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Periódico Espaço e Cultura
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco B, sala 4.007, 4° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0343

E-mail: espacoecultura@gmail.com