Terreno e arquitetura, uma simbiose entre o ser e o mundo

Daniela Muzi, Helena Klang, José Cláudio Castanheira

Resumo


Com interesse em elaborar uma geografia do imaginário, que era uma ambição de Gilbert Durand, reunimos nesta edição artigos apresentados no IX Fórum Temático Terreno e Arquitetura, uma simbiose entre o ser e o mundo, evento componente do XV Ciclo de Estudos sobre o Imaginário - Congresso Internacional, realizado em Recife, Pernambuco, em outubro de 2008.Iremos analisar formas arquiteturais que dialogam ou que se impõem ao meio ambiente, que se envolvem a favor ou se desenvolvem contra o terreno. Sabemos que o espaço construído revela muitas vezes a cultura e a sociedade que o criou. Percebemos em Lisboa, no bairro da Alfama por exemplo, a adaptaçãodos portugueses ao terreno, as construções acompanham as curvas do solo. A forma arquitetural está em harmonia com as curvas do nosso planeta. Como oposição, poderíamos citar a arquitetura espanhola que veio se instalar contra a arquitetura e a cultura Maia. Os primeiros se envolvem em harmonia com o terreno, enquanto que os outros desenvolvem um lugar contra, contra a natureza. Não somente cada cultura reage de maneira diferente frente ao terreno, mas também cada época valoriza mais ou menos o meio ambiente, isto também faz parte do espírito do tempo. Os modernos, para citar somente um exemplo, procuravam o progresso industrial, a arquitetura respondia a um futuro melhor e desconhecido. Hoje, com o progresso tecnológico e a facilidadede comunicação e de viagem, a arquitetura perdeu sua dimensão universal, visionária e futurista para responder com sensibilidade a cada programa e a cada terreno, valorizando assim o tocar, o local, o presente.

Palavras-chave


Comunicação; Artes; Cultura

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/contemporanea.2010.688

Indexada em: Latindex . Univerciência . Doaj
Rua São Francisco Xavier, 524 -10 º Andar - Sala 10129 Bloco F - Maracanã - Rio de Janeiro - RJ
cep: 20550-013 | E-mail: ppgcomdivulga@gmail.comcontemporanea.revista@gmail.com

Facebook: facebook.com/contemporanea.uerj