A terceira margem da televisão

Regina Mota

Resumo


Esse artigo analisa algumas características culturais brasileiras e sua representação na televisão e a contribuição da participação do cineasta Glauber Rocha no Programa Abertura, para refletir o processo de mudança na programação da televisão pública no Brasil. Do Manifesto Antropófago de Oswald de Andrade (1928) à participação tropicalista de Glauber Rocha na televisão brasileira,
existe um repertório de idéias e procedimentos criativos que constituem um acervo estético e político que podem inspirar a criação de uma cultura heterológa na televisão pública do Brasil.

Palavras-chave


representação; televisão; cinema

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/contemporanea.2007.17639

Indexada em: Latindex . Univerciência . Doaj
Rua São Francisco Xavier, 524 -10 º Andar - Sala 10129 Bloco F - Maracanã - Rio de Janeiro - RJ
cep: 20550-013 | E-mail: ppgcomdivulga@gmail.comcontemporanea.revista@gmail.com

Facebook: facebook.com/contemporanea.uerj