TOUCH SCREEN: A REPROGRAMAÇÃO DAS SENSORIALIDADES NUMA PERSPECTIVA TRIDIMENSIONAL

Ana Amélia Erthal

Resumo


Essa pesquisa pretende explorar o contato da tecnologia com o corpo, analisando práticas e técnicas aprendidas na relação com interfaces que devem ser tocadas para interação homem-máquina, denominadas Touch Screen. Sistemas criados para reproduzir, ainda que subjetivamente, a sensação física de intervenção pessoal e imediata em uma mídia, em uma imagem ou qualquer outro tipo de conteúdo. São as telas do telefone celular, do computador, do mini-player de vídeo e música, dos palmtops, dos terminais automáticos de atendimento bancário, terminais em quiosques de informação, mesas de som para DJ’s, televisores digitais e games. Todas têm em comum o fato de que só se comunicam conosco se soubermos manipulá-las pelo toque dos dedos: o que antes só poderia ser visto, agora deve ser tocado.

Palavras-chave


Touch screen; Sensorialidades; Comunicação tátil; Tecnologia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/contemporanea.2008.17257

Indexada em: Latindex . Univerciência . Doaj
Rua São Francisco Xavier, 524 -10 º Andar - Sala 10129 Bloco F - Maracanã - Rio de Janeiro - RJ
cep: 20550-013 | E-mail: ppgcomdivulga@gmail.comcontemporanea.revista@gmail.com

Facebook: facebook.com/contemporanea.uerj