A crônica no universo jornalístico e literário

Érica Michelline Cavalcante Neiva

Resumo


Este ensaio trata da classificação da crônica como um gênero jornalístico opinativo, procurando mostrar, ao longo do texto, que a narrativa cronística possui características próprias e independentes da categoria opinativa. Discorremos também sobre a divisão da crônica estabelecida pelo autor Luiz Beltrão: uma sistematização fechada que não prevê a liberdade do cronista como princípio básico na elaboração da crônica. Ainda apresentamos a visão de alguns literatos que consideram  a crônica um gênero literário, dividindo-a em diferentes modalidades. Por fim, tentamos mostrar que essa preocupação taxionômica de jornalistas e literatos não consegue ampliar o conceito de crônica, uma narração com enorme riqueza discursiva que perpassa os limites da literatura ou do jornalismo.

Palavras-chave


Crônica; Gênero jornalístico opinativo; gênero literário; riqueza discursiva.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/contemporanea.2006.17170

Indexada em: Latindex . Univerciência . Doaj
Rua São Francisco Xavier, 524 -10 º Andar - Sala 10129 Bloco F - Maracanã - Rio de Janeiro - RJ
cep: 20550-013 | E-mail: ppgcomdivulga@gmail.comcontemporanea.revista@gmail.com

Facebook: facebook.com/contemporanea.uerj