A VILA (The Village, USA, 2004): O medo como instrumento de organização espacial

Roberta Carvalho

Resumo


O filme “A Vila” nos proporciona um exercício de atualização de algum mecanismos do poder que, de certa forma, pareciam esquecidos. O panóptico de Foucault se apresenta na organização da “Vila” do título como coerção espacial. A surpresa que o filme reserva para o final atualiza a discussão da vida em comunidade e das concessões que se fazem em nome da preservação de valores e costumes considerados como “corretos”. Questão que os conflitos do mundo contemporâneo atestam todos os dias.

Palavras-chave


cinema; poder

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/contemporanea.2005.17063

Indexada em: Latindex . Univerciência . Doaj
Rua São Francisco Xavier, 524 -10 º Andar - Sala 10129 Bloco F - Maracanã - Rio de Janeiro - RJ
cep: 20550-013 | E-mail: ppgcomdivulga@gmail.comcontemporanea.revista@gmail.com

Facebook: facebook.com/contemporanea.uerj