LITERATURA E CINEMA: ROMPENDO O SILÊNCIO SOBRE A ANDROGINIA E O HOMOSSEXUALISMO

Risolete Maria HELLMANN

Resumo


Este estudo comparativo entre a obra cinematográfica Servindo em Silêncio, de Jeef Bleckner (1995) e o romance A Sentinela de Lya Luft (1994) pretende discutir o modo como se dá o rompimento do silêncio sobre a representação de sujeitos marcados pela androginia e homossexualidade. Margareth, no filme, e Henrique, no romance, são figuras andróginas. Ela assume ser lésbica e rompe o silêncio e ele dissimula a identidade sexual. Escritora e diretor possibilitam as discussões acadêmicas sobre essas temáticas no campo da criação artística literária e cinematográfica.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/cadsem.2016.9974

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1414-4298 | e-ISSN: 1806-9142

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.