O AVESSO ATRAVÉS DO ESPELHO: ESPACIALIDADES MÚLTIPLAS E TRANSIÇÕES IDENTITÁRIAS

Ana Carla BELLON

Resumo


Este artigo reflete sobre a configuração dos perfis de sujeito trazidos e transformados por Alice através do espelho a partir das interações com as personagens daquele mundo e sua relação com as características do espaço em que estão inseridos. Através dos estudos de Stuart Hall sobre identidade, do modo fantástico, da cadeia de nagações de Tomáz Tadeu da Silva, as noções espaciais de Deleuze e Guattari e de Foucault foi possível estabelecer uma reflexão que auxilia na compreensão dos efeitos de sentido que tais configurações acarretam na obra do escritor Lewis Carroll, intitulada Alice through the looking glass, de 1871.

Palavras-chave


Identidade; Rizoma; Alice; Fantástico.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/cadsem.2016.25566

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 1414-4298 | e-ISSN: 1806-9142

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.