A Representação gráfica da gestão de design aliada ao desenvolvimento artesanal de uma comunidade criativa

Erik Silva dos Santos, Luiz Fernando Gonçalves de Figueiredo, Giselle Schmidt Alves Diaz Merino

Resumo


O design no processo de desenvolvimento de produtos é elemento essencial na definição planejada daquilo que comunica uma mensagem e do que vende. A gestão de design apresenta recursos e diretrizes necessárias para aumento da competitividade de um produto, muitas vezes promovendo inovação em seu eixo de mercado. O artesanato – que além de materializar a alma da cultura brasileira, é um setor da economia cujo crescimento possui alto potencial de geração de trabalho e renda, promove a preservação das culturas locais e a formação de uma mentalidade empreendedora. Partindo dessas premissas, ressalta-se a importância de se aliar a gestão de design ao artesanato, uma vez que promove a cultura local de um povo e torna o mesmo, autossuficiente financeiramente enquanto estrutura empreendedora. O presente artigo busca desenvolver a estrutura e apresentar a representação gráfica de como o design pode contribuir para a melhoria de uma identidade local direcionada ao artesanato, ou seja, buscar as relações e intersecções entre o design e o artesanato – a intenção é facilitar a aplicação dos conceitos de design aos artesãos e demais envolvidos em uma comunidade ou grupo criativo de forma simplificada e ilustrada, que possa ser compreendida universalmente e que, acima de tudo auxilie essas comunidades ou grupos criativos a representarem através de seus produtos, a identidade que lhes representa.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/arcosdesign.2013.12181

Apontamentos

  • Não há apontamentos.