O MARAVILHOSO NA LITERATURA CONTEMPORÂNEA: UMA LEITURA DE SALMAN RUSHDIE, MARGARET ATWOOD, ROBERT COOVER E NALO HOPKINSON

Fernanda Aquino Sylvestre

Resumo


Este artigo discute as relações entre a história e a literatura, por meio do resgate de formas literárias do passado, especialmente o maravilhoso. Analisa, também, o papel do maravilhoso enquanto gênero na pós-modernidade, questionando se ele estaria, ainda, próximo do conceito estabelecido por Todorov ou se a forma como se configura atualmente nas narrativas contemporâneas subverteria o gênero. Para tanto, analisaremos algumas obras de escritores contemporâneos de língua inglesa, que revisitam o maravilhoso,como Robert Coover, Margaret Atwood, Nalo Hopkinson e Salman Rushdie.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/abusoes.2022.60542

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Abusões
e-ISSN: 2525-4022