O SONHO DE GREGOR SAMSA

Lívia Penedo Jacob

Resumo


Neste artigo, empreenderei uma leitura crítica sobre “Samsa Apaixonado” do escritor japonês Haruki Murakami, conto que se encontra em Homens sem Mulheres, livro homônimo a um título de Ernest Hemingway e cuja contextualização cultural buscarei explicar a partir das conclusões publicadas em The Fantastic in Japanese Modern Literature de Susan Napier.  Em “Samsa Apaixonado”, um inseto acorda metamorfoseado em Gregor Samsa durante certa manhã. A intertextualidade explícita com A Metamorfose de Franz Kafka enseja uma série de reflexões sobre as implicações de um texto fantástico construído a partir de referências textuais canônicas da própria ficção fantástica.  Procuro explicitar, então, o significado desta meta-metamorfose, correlacionando-a com estudos de Todorov e Roas sobre esse gênero literário e a partir das leituras referenciais à obra kafkiana feitas por alguns autores tais como Camus, Flusser, o próprio Todorov, dentre outros.

DOI: 10.12957/abusoes.2017.30049


Palavras-chave


Haruki Murakami; Kafka; Metamorfose; Literatura Fantástica

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/abusoes.2017.30049

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Abusões
e-ISSN: 2525-4022