Sartre, leitor de Husserl: A Intencionalidade, uma ideia fundamental

Guilherme Cerdeira Lelis Silva

Resumo


A presente resenha tem como intuito apresentar o brevíssimo texto Uma ideia fundamental da fenomenologia de Husserl: a Intencionalidade, um dos primeiros escritos de Jean-Paul Sartre. Longe de somente expor seus argumentos e as articulações do textos, pretendemos pensar o ensaio sartreano em seu sentido histórico e, ao mesmo tempo, em seu contexto central dentro do pensamento sartreano, com o intuito de evidenciar a importância do conceito husserliano de Intencionalidade na filosofia de Sartre, e como este representa o ponto de partida da fenomenologia do autor francês.



Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/ek.2019.46179

ISSN - 2316-4786 (on-line)

Programa de Pós-Graduação em Filosofia | Instituto de Filosofia e Ciências Humanas | Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Rua São Francisco Xavier, 524, Pavilhão - João Lyra Filho, 9 andar, Bloco F, sala 9037, Maracanã, Rio de Janeiro, RJ - Cep: 20550-013