Exaíphnēs (Platão) e Augenblick (Nietzsche) Em questão o acontecimento de uma mesma súbita transformação

Izabela Bocayuva

Resumo


DOI:10.12957/ek.2017.29643

Platão tematiza o acontecimento do acesso à filosofia como um salto súbito (exaíphnēs). Isso se dá muito explicitamente no mito da caverna e na Carta Sétima. Nietzsche, no discurso de Zaratustra Da visão e do enigma, ao apresentar o pensamento fundamental do Eterno Retorno que vale também como acontecimento do acesso à filosofia, tematiza o mesmo salto, denominando-o Instante (Augenblick). A intenção desse artigo é mostrar uma imbricação desses dois pensadores a partir desse aspecto do acesso ao pensamento radical.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/ek.2017.29643

 

ISSN - 2316-4786 (on-line)

Programa de Pós-Graduação em Filosofia | Instituto de Filosofia e Ciências Humanas | Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Rua São Francisco Xavier, 524, Pavilhão - João Lyra Filho, 9 andar, Bloco F, sala 9037, Maracanã, Rio de Janeiro, RJ - Cep: 20550-013