Um Corpo Sensível à Transcendência: Uma compreensão mística da sensibilidade

Jonna Bornemark

Resumo


Na fenomenologia e na filosofia existencial, a relação com o divino fora entendida como intimamente relacionada à capacidade humana à transcendência. Esta compreensão pode ser salientada a partir da leitura de Das fließende Licht der Gotheit, da beguina Mechthild von Magdeburg, um texto da mística cristã no qual o corpo, a sensibilidade e o encontro erótico com o divino são centrais. Aqui, a sensibilidade é entendida como o lugar de encontro entre a alma e Deus. O presente artigo almeja contribuir para uma fenomenologia da experiência religiosa na qual a capacidade humana para a transcendência e a corporeidade humana são pensadas como entrelaçadas.

Tradução de: Marc Machado Franken

 

DOI:10.12957/ek.2015.21464


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/ek.2015.21464

 

ISSN - 2316-4786 (on-line)

Programa de Pós-Graduação em Filosofia | Instituto de Filosofia e Ciências Humanas | Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Rua São Francisco Xavier, 524, Pavilhão - João Lyra Filho, 9 andar, Bloco F, sala 9037, Maracanã, Rio de Janeiro, RJ - Cep: 20550-013