Ver aspectos: A atividade estética em Wittgenstein

Edimar Inocencio Brígido

Resumo


DOI: 10.12957/ek.2015.16360

A recorrência com que Wittgenstein tratava dos problemas relacionados com a arte e a estética, nos últimos escritos e nas últimas aulas, indica que ele concebia importante a elucidação de tais problemas e esse trabalho consistia por si mesmo uma atividade filosófica. Nesse sentido, o horizonte desta pesquisa consiste em compreender qual é o espaço ocupado pela estética na filosofia de Wittgenstein, destacando, sobretudo, a atividade de ver aspectos, típico das Investigações Filosóficas. A forma como o filósofo tratou dessa questão mostra que não a abordou de uma maneira sistemática, como fez, por exemplo, com os problemas de lógica, mas sim, em uma rede muito ampla de conexões, com diferentes motivos de natureza filosófica. No Tractatus Logico-Philosophicus, a estética representa um excesso frente àquilo que pode ser expresso por meio de linguagem, sendo, dessa forma, inclusa no grupo do inefável. Porém, a partir de uma mudança de perspectiva, é possível observar como a compreensão lógica cede lugar a um olhar que não coloca exigências de pureza e coerência lógica, mas aceita todos os gestos humanos como sendo igualmente significativos. Nesse sentido, Wittgenstein mostra a experiência de se ficar maravilhado com um objeto através de um movimento sentimental natural e acessível a todos: trata-se da experiência de ver aspectos. A possibilidade dessa visão reside na transformação do olhar, ou seja, ver todas as coisas e a vida de todos os dias de tal forma que o objeto da visão, sem se alterar, se transforma à frente dos nossos olhos e surge como uma verdadeira obra de arte. O que o pensador vienense pretende é demonstrar o quanto esse movimento é importante não só para a estética, mas para toda a filosofia.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/ek.2015.16360

 

ISSN - 2316-4786 (on-line)

Programa de Pós-Graduação em Filosofia | Instituto de Filosofia e Ciências Humanas | Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Rua São Francisco Xavier, 524, Pavilhão - João Lyra Filho, 9 andar, Bloco F, sala 9037, Maracanã, Rio de Janeiro, RJ - Cep: 20550-013